Benefícios da meditação pela ciência

IMG_8672A

Os orientais já conhecem os benefícios da meditação há mais de 2.500 anos, mas somente há alguns anos é que a medicina ocidental se dedica a entender os benefícios da prática.

Há várias técnicas que se diferem no método, posturas e duração, mas todas causam o mesmo efeito no cérebro, segundo os cientistas.

A meditação surgiu na Índia e foi difundida na Ásia pelo guru Maharishi Mahesh Yogi na década de 60.

De acordo com matéria da revista Veja online, http://veja.abril.com.br/saude/meditacao-ganha-enfim-aval-cientifico/, nos últimos anos, os pesquisadores ocidentais começaram a entender por que meditar faz tão bem e para tantos problemas de saúde diversos. “Com a ressonância magnética e a tomografia, percebemos que a meditação muda o funcionamento de algumas áreas do cérebro, e isso influencia o equilĩbrio do organismo como um todo”, diz o psicólogo Michael Posner, da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos.

Segundo a matéria da Veja, na prática, a meditação aumenta a atividade do córtex cingulado anterior (área ligada à atenção e à concentração), do córtex pré-frontal (ligado à coordenação motora) e do hipocampo (que armazena a memória). Também estimula a amígdala, que regula as emoções e, quando acionada, acelera o funcionamento do hipotálamo, responsável pela sensação de relaxamento.

Os benefícios da meditação estão concentrados em seis áreas de estudo: redução de stress; melhoria do sistema cardiovascular; insônia e distúrbios mentais; alívio da dor; reforço do sistema imunológico; e melhoria da concentração.

Há vários estudos sobre o assunto que trazem estes e outros benefícios da meditação como a mudança do nível genético do nosso corpo que ajuda no combate a doenças com o aumento da imunidade do organismo; crescimento da satisfação e o melhor desempenho no ambiente de trabalho, estimulando a criatividade, inteligência e memória; redução da pressão arterial e de dores de cabeça; diminuição do consumo do tabaco, do álcool e de drogas ilícitas; dentre outros.

Meditar é saúde para mente, corpo e espírito. Os estudos mostram que quem medita regularmente, pelo menos três vezes por semana por alguns minutos, já sente muitos destes benefícios com dois meses de prática.

Seja qual for o método que você escolher, pratique em grupo ou sozinho. Ninguém se torna atleta de repente, é preciso treinar. E com a meditação também é assim. Comece meditando alguns minutos e, aos poucos, vá aumentando a periodicidade e duração. Inicie com um minuto, por exemplo, fazendo exercícios de respiração observando a si mesmo e o ambiente a sua volta. Quanto mais focada a mente, mais profundo o estado de meditação, e com a prática é possível obter este foco. Vamos praticar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s